, , , , , ,

Opinião Literária: Minerva Spencer - Perigoso

Perigoso
(The Outcasts #1)
de Minerva Spencer 
Título Original: Dangerous
ISBN: 9789897800580
Edição ou reimpressão: 01-2019
Editor: Quinta Essência
Idioma: Português
Páginas: 392
Género: Romance, Romance de Época
Compre na 
Wook
Livro (aqui) Ebook (aqui)
Bertrand
Livro (Aqui) Ebook (aqui)
Goodreads: 4,04✮ (aqui)

Sinopse:
Lady Euphemia (Mia) Marlington foi raptada durante a adolescência e vendida a um harém. Agora que regressa a casa, 17 anos depois, é alvo da curiosidade e da bisbilhotice de todos. Pior do que isso, está prestes a enfrentar a sociedade londrina pela primeira vez, pois o pai fez-lhe um ultimato: ou ela casa ou passa a viver como uma reclusa. Mas Mia tem 32 anos… certamente que os seus pretendentes deixarão muito a desejar.

E no entanto… quem é o homem atraente e de olhar frio que se encontra entre eles? Trata-se de Adam de Courtney, viúvo duas vezes e conhecido como Marquês Assassino. Aos olhos da sociedade, só um louco lhe concederia a mão da filha em casamento. Um louco, ou, claro, o desesperado pai de Mia.

Contudo, esta união poderia trazer grandes benefícios a ambos. Além disso, a atração entre eles é palpável. Poderá a paixão vir a seguir? E se os segredos que cada um esconde vierem ao de cima… não seria catastrófico?
Perigoso é o romance de estreia de Minerva Spencer como romancista. Uma história repleta de aventuras inesperadas, humor e paixão, com um casal de protagonistas que desafia todas as convenções.

Sobre a Autora:
Minerva Spencer nasceu no Canadá. Formou-se em História da América Latina e trabalhou na área do Direito durante algum tempo. Atualmente, dedica-se inteiramente à escrita, bem como ao resgate de aves de capoeira na quinta onde vive – tendo por companhia um marido altamente compreensivo e uma montanha de animais! Perigoso foi o seu romance de estreia e tornou-se de imediato um sucesso de vendas.

A Minha Opinião:
  Primeiro quero agradecer à editora por gentilmente me ter cedido este livro. Eu só ouvi falar maravilhas dele nas diversas redes sociais, e cada vez ficava mais curiosa para testar se realmente o que diziam era verdade.
  O livro segue a história da Lady Euphemia, tratada por Mia, que regressou a casa depois de 17 anos presa num harém em África. Apesar da felicidade da família, a verdade é que o pai de Mia, o Duque de Carlisle, estava inquietado com o que a sociedade poderia pensar do desaparecimento da filha e pretendia casá-la o mais rapidamente possível, para o desagrado de Mia. Além de não estar interessada em casamento, os pretendentes iam de mal a pior, ou eram velhos ou feios até dizer chega, contudo apareceu no momento exacto um que se distinguia dos restantes pela beleza, Adam, só que tinha a fama de ter morto as suas duas anteriores esposas, mas mesmo sabendo disso, era a melhor opção de Mia, e então fizeram um acordo, Mia dá-lhe um herdeiro, aquilo que ele tanto queria e recebe aquilo que tanto deseja, a liberdade. Só que não é assim tão simples...
  No que diz respeito às personagens, quanto à minha experiência neste género de livros, é a primeira vez que vejo uma mulher com mais de 30 anos por casar. Naquela época, uma mulher com esta idade já estava fora de prazo, daí as opções do Duque para casar a filha fossem uma miséria. Depois também o facto de ela ter vivido a maior parte da sua vida noutra cultura, principalmente tão afastada da inglesa, que é conhecida com fria e rígida. A Mia tem uma abertura, principalmente ao nível do seu corpo, que não é habitual e que choca até a criada de vestir que o pai lhe cedeu. Em cada livro as diversas autoras vão tentando trazer personagens diferentes, mas esta foi a primeira que realmente está afastada da cultura inglesa.
  Depois o Adam de Courtney, o Marquês de Exley, ou também conhecido por Marquês Assassino. Tem um olhar que faz gelar qualquer pessoa, e enquanto as mulheres se afastavam por medo dele, os homens era por respeito, e também por medo. Mas no fundo daquele olhar frio está uma pessoa caridosa, que faz tudo pelas pessoas que ama e que apenas não teve muita sorte na vida, pelo menos é o que eu retiro de toda a história. Ele não demonstra muito, mas preocupa-se com as filhas, mesmo quando é muito exigente com elas.
  O que mais gosto neste género de histórias é a relação entre os protagonistas, e neste livro temos uma atração desde do inicio entre o Adam e a Mia, por um lado pelo facto de ele não acreditar na história que ela conta sobre o seu passado, e também pela aparência de ambos. Contudo há muitas mentiras no meio da relação deles, que inevitavelmente acabam por estragar tudo. Parece que as pessoas optam sempre por mentir, ou melhor, omitir em vez de abrir o jogo e quem sabe surpreenderem-se com a atitude do outro, mas não...
Só tenho uma crítica a fazer, a Mia durante a sua jornada de casada acaba por perder um pouco o rumo quanto aos seus planos, e por mais que compreenda porque é que aconteceu, acho que devia ter sido mais explorado durante o livro. Ah, e a minha crítica habitual, acabou muito depressa! Contudo tenho esperanças que algumas personagens apareçam noutros livros da série, afinal sonhar não custa!
  Em suma, recomendo bastante este livro, e nem acredito que é o primeiro da autora, é mesmo bom! Para quem gosta de romances de época bastante sensuais, com uma personagem feminina afastada do habitual, este livro o indicado, e ainda dá para dar umas gargalhadas.

Classificação:
Outras Capas:
A Capa Portuguesa é a mais bonita. Pessoalmente não sou fã das capas dos romances de época originais, apesar de serem muito mais parecidas com "algo" de época...

Leitura com Apoio


Share:

Sem comentários:

Enviar um comentário