, , , , ,

Opinião Literária: Dorothy Koomson - A Sereia de Brighton

A Sereia de Brighton
de Dorothy Koomson 
Título Original: The Brighton Mermaid
ISBN: 978-972-0-03115-0
Edição ou reimpressão: 08-2018
Editor: Porto Editora, S.A.
Idioma: Português
Páginas: 512
Género: Romance, Thriller e Policial
Compre na 
Wook
Livro (Aqui) Ebook (Aqui)
Bertrand
Livro (aqui) Ebook (aqui)
Goodreads: 4,24✮ (Aqui)

Sinopse:
Praia de Brighton, 1993
As adolescentes Nell e Jude descobrem o corpo de uma jovem na praia e, quando ninguém o reclama, a vítima passa a ser conhecida como A Sereia de Brighton. Três semanas mais tarde, Jude desaparece e Nell, ainda chocada com os acontecimentos na praia, fica completamente desamparada.
Passados 25 anos, Nell vive atormentada pelo passado, abandonando o emprego para descobrir a verdadeira identidade da jovem assassinada – e o que aconteceu à amiga naquele verão inesquecível.
Quanto mais perto fica da verdade, maior é o perigo. Alguém parece estar a seguir cada passo de Nell, que já não sabe em quem confiar.

Da autora bestseller de a filha da minha melhor amiga, chega-nos uma intrigante história sobre irmãs, segredos e crime.



A Minha Opinião:

Desde já quero agradecer à Porto Editora por me ter disponibilizado o livro. 
"A Sereia de Brighton" inicia-se com a descoberta de um cadáver na praia por duas adolescentes negras, Nell e Jude. O supostamente seria com acontecimento normal, passou a ser um dos crimes da história, pois além das duas jovens não estarem onde os pais pensam, em casa, a polícia credita que foram elas as culpadas. Posteriormente, Jude desaparece sem deixar rasto e da família de Nell fica destroçada, pelo pai ser acusado de ambos os crimes, a morte da rapariga e o desaparecimento da melhor amiga da filha. Passados 25 anos, Nell não esqueceu o que se passou, e trabalha o suficiente para não trabalhar durante um ano para resolver os dois crimes, enquanto isso ajuda pessoas a encontrar familiares desconhecidos. Contudo à medida que se aproxima da verdade, começa a temer pela vida, pois parece que lhe querem dar o mesmo destino que à Sereia de Brighton.
A história é nos apresentada com viagens entre o passado e o presente, no ponto de vista de algumas personagens, dando para perceber o impacto de todos os acontecimentos em 1993 principalmente na família de Nell. 
Comparativamente aos outros livros que já li da autora, este tem muito mais mistério, sem deixar o romance de parte, por mais ligeiro que ele seja. 
Ao nível das personagens, temos como principais a Nell, uma mulher que não deixa as pessoas aproximarem-se, que cresceu face à jovem que era, e isso nota-se. E temos também a Macy, a irmã da Nell, que tem diversos problemas que advém do que viu e viveu em 1993. 
Neste tipo de livros nunca se pode falar muito sem dar spoiler, mas posso dizer que grande parte do mistério eu não adivinhei até a autora dizer realmente quem era. O que para mim é bom, porque por norma eu descubro e acho previsível. Apenas descobri um envolvido, porque era demasiado estranho tanta paciência. 
Com isto quero dizer que gostei do livro, li-o numa tarde, e ele tem 500 páginas (acaba por ter menos sem as folhas de viagem no tempo entre o passado e presente), porque me viciou, e eu estava curiosa para saber o que tinha acontecido, quem tinha feito, e por isso não o conseguia largar. 
A nível de final de romance não esperava outra coisa da Dorothy Koomson, ela nunca faz finais que me deixem satisfeita na realidade, mas eu continuo a ler os livros dela!
Neste livro, Dorothy Koomson, apresenta-nos um mistério que muda a vida de uma família e a forma como eles vêem o mundo, uma história recheada de amor, medo, racismo, vingança e uma busca pela verdade. 

Classificação:



Leitura com o Apoio:
Outras Capas:
Pelo que percebi até ao momento não há mais nenhuma edição.

Share:

1 comentário:

  1. Nunca li nada desta autora,mas só leio boas críticas.
    A opinião deixou-me curiosa!

    ResponderEliminar