, , , , ,

Opinião Literária: Maria Daniela Raineri - A Coisa Mais Bela

A Coisa Mais Bela
de Maria Daniela Raineri 
Título Original: Più Bella di Così
ISBN: 9789722523172
Edição ou reimpressão: 08-2011
Editor: Bertrand Editora
Idioma: Português
Páginas: 232
Género: Romance
Compre na 
Wook
Livro (aqui)
Bertrand
Livro (aqui)
Goodreads: 2,92✯ (aqui)

Sinopse:
E se de repente te entrasse pela porta uma irmã que não sabias ter? 
É isso mesmo que acontece a Antónia, uma trintona solteira (com um ex. namorado gay), introvertida e gorducha, incapaz de resistir ao chamamento dos doces. O aparecimento de Lucilla - linda e esguia - vem deixar a sua vida de pernas para o ar, mas entre ciúmes, abraços, mentiras e gargalhadas, Antónia vai aprender a conhecer-se melhor, a dizer não quando é preciso e, quem sabe, a apaixonar-se de novo.

Sobre a Autora:
Maria Daniela Raineri trabalhou durante muitos anos num escritório e actualmente escreve para a televisão e o cinema. É autora de três romances best-sellers em Itália.

A Minha Opinião:
Este foi mais um livro que eu comprei para gastar o meu vale de aniversário da Bertrand, que me custou 5€ novo.
O que me chamou à atenção, além do bom preço, foi a sinopse, que parece ser bastante engraçada, e mostra que o livro nos vai proporcionar boas risadas, e não é mentira. 
O livro é contado na prespetiva de Antonia, uma jovem gorducha, 87 quilos, que não tem muita sorte no amor, e não tem uma vida social ativa. A história começa com Antonia a quer suicidar-se atirando-se da varanda, depois de se ter pesado e a balança 87 quilos, 2 a mais que à 15 anos atrás. É de ter em conta que ela duplica as refeições, adora fazer bolos e comê-los. É este último facto que a faz pensar quando está em cima da cadeira para se atirar, o forno apitou e o bolo está pronto. Por um lado, se ela não o desligar vai haver um incêndio e famílias vão ficar sem casa, e por outro, a ideia de decorar o bolo e comê-lo deixa-a de água na boca. 
O que faço agora? Se não desligar o forno, irá aquecer de mais e provocar um incêndio. As chamas devastariam o prédio e, por minha causa, dez famílias ficariam sem abrigo. E depois, para dizer a verdade, a ideia de continuar a receita, barrar o doce, preparar o glacé e cobrir o bolo com chocolate líquido, para finalmente saborear o resultado da minha experiência, é cada vez mais apelativa."
Depois apareceu-lhe uma irmã, aspirante a vedeta de televisão, de um caso insólito dos pais, que a deixa embasbacada. Lucilla, acaba em sua casa, de certa forma como se fosse dela, sem pagar um único tostão, a sorte é que Antonia acaba por se afeiçoar a ela.
Eu gostei bastante do livro, devorei-o grande parte numa tarde, porque eu já o tinha começado à uns tempos, mas tinha ficado na prateleira.
É um livro divertido, que fala sobre a vida de uma rapariga acima do peso ideal para a sociedade, apesar de isso a incomodar, ela não deixa de fazer os seus mil lanches, duplicar refeições, só que depois quando se pesa novamente e vê a balança a mostrar cada vez números maiores, durante uns dias reprime-se, mas não dura muito, porque além de ela gostar de comer, gosta de cozinhar e cozinha bem, o que faz com que custe mais. 
A irmã, Lucilla, foi uma personagem que não me puxou muito, fazia-me lembrar aquelas estrelas de reality shows que fazem as coisas por fama, e ela até trai o namorado com um produtor, porque "tem que fazer pela vida", e por isso não gostei muito dela.
" Eu acompanhei a conversa com pouca atenção, porque estava ainda em estado de choque devido a esses seios descarados recém-exibidos sob o meu nariz, perfeitamente esféricos, tonificados e indiferentes a qualquer lei da gravidade. Falsos, mas lindíssimos. Não pude evitar fazer comparações com os meus, que são enormes e responsáveis, entre outras coisas, por umas pequenas riscas junto das axilas e por marcas avermelhadas nos ombros, deixadas pelas grossas alças do sutiã obrigadas a carregarem com o peso excessivo. De certeza que um extraterrestre que explorasse o nosso planeta, perante os nossos respetivos dotes, teria dificuldade em perceber que se trata do mesmo tipo de objecto a ser catalogado como «mamas»."
Quanto à capa, pergunto-me se quem as faz, lê os livros. Acho que não faz qualquer sentido a capa portuguesa, abaixo deixo-vos as outras capas que encontrei.
E o final também me desiludiu, para mim um livro tão bem escrito, divertido, acaba assim, acho que não faz sentido, nem um epilogo, para matar a curiosidade, por isso é que retirei uma estrela, pois eu à medida que ia lendo, pensava "Isto é um livro 5 estrelas", mas não.
Para quem quer uma leitura cheia se humor, divertida, e com muitos doces, aconselho que leiam este livro.

Classificação



Outras Capas

Share:

1 comentário:

  1. A capa é muito bonita, mas de facto não parece adequar-se à história do livro.
    Além disso, não fiquei lá muito impelida a conhecer este livro, infelizmente... :/

    ResponderEliminar