, , , ,

Opinião Literária: Barry Eisler - O Quinto Mandamento

O Quinto Mandamento
(John Rain #2)
de Barry Eisler 
Título Original: Hard Rain/A Lonely Resurrection
ISBN: 9789896373047
Edição ou reimpressão: 02-2011
Editor: Saída de Emergência
Páginas: 320
Género: Thriller
Compre na 
Wook
Livro (aqui)
Bertrand
Livro (aqui)
Goodreads: 4,09 (aqui)

Sinopse:
John Rain só quer desaparecer para sempre. Mas um antigo némesis no FBI japonês quer que ele lhe faça um último favor: eliminar um assassino que mata sem remorsos e usa métodos semelhantes aos de Rain. Há demasiadas coisas em jogo - inclusive a vida dos poucos amigos que Rain tem e, especialmente, a vida de uma paixão do seu passado. Protegê-los implica mergulhar no meio de uma guerra entre a CIA e a máfia japonesa, na qual as diferenças entre amigos e inimigos, a verdade ou a mentira, são tão obscuras como as ruas regadas pelas chuvas nocturnas de Tóquio. 

Será que Rain tem a frieza necessária para derrotar um inimigo que parece pensar como ele?
A Minha Opinião:
A minha história com este livro é longa. Comprei-o por um preço fantástico novinho em folha, pois trata-se de um livro descatalogado, o que quer dizer que custa 5€, em qualquer local que o venda, provavelmente comprado a particulares até custa mais, já vi muitas loucuras no OLX. Aproveitando o desconto que tinha na Bertrand quando fiz anos, andei à procura de livros baratos para potencializar ao máximo os 20€ que ia gastar, e acho que se não fosse assim eu nunca compraria este livro, principalmente porque não é um livro que se veja à venda por aí, e basicamente eu fui resgatá-lo de uma vida de prateleira!
Eu comecei a lê-lo no ano passado, em Agosto, e esteve um ano na prateleira a olhar para mim à espera que eu lhe pegasse novamente, e só agora, que me decidi a pegar nos livros que andam a meio é que o acabei, e nem precisei de ler os 4 capítulos, ainda me lembrava do que tinha acontecido, pois o livro tinha começado em bom!
Eu pensava que o livro era um stand-alone, mas estava enganada e é uma série de livros, que já vai no 9º, mas em Portugal parou no 2º, apesar de eu ter descoberto no goodreads que a Saída de Emergência editou o 3º, mas ele não está à venda em nenhum lado, vou ter de o ir procurar nas profundezas do OLX! 
Assim, eu não senti que a não leitura do volume anterior me tenha afetado a compreenção do livro, é uma parte da história da vida de John que está em falta, mas que se percebe bem. Estou a pensar em ir ler o primeiro e também ver o filme que foi feito em 2009! Deixo-vos o trailer:

Outra coisa, o livro no site da wook está referenciado como romance, algo que neste volume em particular não percebo, talvez o anterior, pelo que li estivesse, mas este para mim é um thriller, não há romance nenhum credível para definir o livro. 
Vamos lá então à história do John Rain, antes de mais há que contextualizar o que o senhor faz, trabalha no Japão e é um assassino contratado, que executa muito bem os seus serviços e faz com que as mortes pareçam naturais, ele diz que as facas sujam tudo e que as armas são fáceis que identificar, por isso ele mata os alvos de maneiras interessantes, também tem uma regra, nada de mulheres nem crianças, apesar de neste livro quebrar a primeira. Rain está pronto para a reforma, tem tudo planeado para viajar para o Brasil, com uma identidade falsa, mas um velho amigo, Tatsu, do FBI, pede-lhe ajuda para eliminar um criminoso com potencial de expanção, e este como lhe devia um favor acaba por ceder, mas quando Tatsu lhe pede para matar um gajo que é basicamente igual a ele, nem a proposta que o amigo lhe faz o faz querer aceitar o trabalho. 

"Ao longo dos anos o meu trabalho transformou-me no anónimo laureado com dois encómios jurídicos dessa laia: um deles numa ponte sobre as águas poluídas do rio Sumida, onde uma determinada figura política se afogou em 1982 («Atenção - Não trepar para cima do corrimão»); outro datado de uma década mais tarde, criado na sequência da eletrocussão de um banqueiro invulgarmente diligente, que aparece hoje nas embalagens de secadores de cabelo («Atenção - Não utilizar enquanto toma banho»)"

Desde já, este livro foi uma agradável surpresa. Eu gosto muito deste tipo de filmes, mas nunca tinha lido um thriller, então estava reticente quanto à leitura, por isso é que demorei tanto tempo para acabar o livro. Mas o John Rain cativou-me. Ele não tem rotinas, telemóvel, nem nada que dê aos seus inimigos, que são bastantes, uma forma de o localizarem, mas mesmo assim eles conseguem arranjar uma maneira de o fazer, pela única ponta solta da vida dele, uma paixão, Midori (que vem do livro anterior). Para chegar a um destino ele dá meia dúzia de voltas para garantir que ninguém o está a seguir, dorme em diferentes hoteis, e paga sempre em dinheiro, quando vai de taxi ele sai antes do destino para que ninguém saiba para onde ele vai, e não aparece em locais a horas combinadas, pois pode ser uma armadilha, aparece mais cedo para analisar o lugar.
Acho que o que mais me impressionou foi a mente dele, ele pensava nas coisas de uma maneira sinistra e ao mesmo tempo racional, era como se ele avaliasse as pessoas para saber como atacar, ou como se defender, mas que me divertia, principalmente quando se tratava de matar alguém, basicamente ele partia-lhes partes do corpo, na maioria das vezes fazendo as coisas parecerem naturais, como se viu pelo excerto. Depois a forma como o autor descrevia as cenas cativa-me, e percebi porque o livro tem 4,09 estrelas no goodreads.
Mais uma coisa positiva é ter palavras/expressões em japonês, com as devidas traduções, que dá até para aprender umas coisas!
Uma coisa que não gostei tanto foi a descrição exaustiva das rotas que fazia para desviar possíveis perseguidores, eu acho que quase podia andar por Tóquio com as descrições dele, para mim eram muito pesadas, principalmente porque eu adoro diálogos! 
Em suma, para quem gosta deste tipo de livros, eu aconselho este, um thriller cheio de acção e algumas mortes.

Classificação




Outras Capas

Para mim a Portuguesa é de longe a mais bonita. Já para não falar desta página, apaixonou-me!

Share:

1 comentário:

  1. Este thriller deve ser mesmo interessante e até um pouco diferente do que estou habituada a encontrar nos livros. ;)

    ResponderEliminar