, , , , ,

Opinião Literária: Danielle Steel - Cinco Dias em Paris

Cinco Dias em Paris
de Danielle Steel 
Título Original: Five Days in Paris
ISBN: 9789722519199
Edição ou reimpressão: 03-2009
Editor: Bertrand Editora
Páginas: 208
Coleção: Grandes Romances 
Género: Romance
Compre na 
Wook
Livro (aqui)
Bertrand
Livro (aqui)
Goodreads: 3,56✮(aqui)

Sinopse:
Peter Haskell, presidente de um império da indústria farmacêutica, tem tudo: poder, posição social, uma brilhante carreira e uma família, pela qual teve de fazer enormes sacrifícios.
Olivia Thatcher é casada com famoso senador, a quem se dedicou de corpo e alma. Presa numa teia de dever e obrigação a um marido que amou em tempos mas que agora mal conhece, o seu mundo desaba quando o filho morre.
Acidentalmente, encontram-se em Paris, no Ritz, numa noite marcada por uma ameaça de bomba. As suas vidas completamente diferentes convergem num momento mágico na Place Vêndome. Num café em Montmartre, os seus corações revelam-se: Peter, outrora cheio de certezas em relação ao seu casamento e à carreira, vê o seu futuro profissional em perigo, e Olívia descobre que não aguenta mais a vida que leva. Quando Olívia desaparece, Peter sabe que não foi um caso passageiro. E o que aconteceria se a encontrasse novamente, se a única coisa que têm são cinco dias em Paris?
De regresso às suas vidas separadas, já nada será como dantes. Em casa, ambos terão de prosseguir com as suas vidas, apesar dos desafios e das traições. Tudo aquilo em que acreditam será posto à prova, até perceberem que têm de enfrentar as mudanças de cabeça erguida e assumir o amor um pelo outro.



Críticas de Imprensa

«Uma das melhores autoras de romance do Mundo.»
The Los Angeles Times 

«Os romances de Danielle Steel narram as coisas da vida, Impossível de saltar uma página, em cada vírgula alguma coisa acontece. Suspense, angústia e lantejoulas alternam com o desespero e o conto de fadas.»
L’Événement du Jeudi 

A Minha Opinião:
Esta foi a minha primeira leitura do ano, mas na realidade foi a primeira que acabei, porque li umas 20 páginas em 2018.  Só pelo nome do livro veio-me à cabeça a "Lua-de-Mel em Paris" da Elizabeth Adler, o que não é algo bom, e acho que por isso é que demorei tanto tempo a retomar a leitura. 
Mas vamos à história do livro, este começa com a chegada Peter a Paris para falar com um dos investigadores do novo medicamento para tratar o cancro, da empresa farmacêutica que gere. Ele está confiante de que vai ser aprovado e que assim poderá ajudar as pessoas que tal como a sua mãe e irmã sofriam da doença. Apesar viver bem e confortavelmente, Peter, teve um passado pobre, algo que tentou apagar da sua memória e enquadrar-se na vida da sua esposa. 
No momento em que seja ao Ritz, o famoso hotel de Paris, várias figuras lhe prendem a atenção, mas é uma mulher que fica a pairar na sua mente, Olivia Thatcher, mulher de um senador americano, que ficou ligado à política pela morte do irmão, fazendo com que Peter a reconheça, e fique fascinado por ela.
São nos apresentadas personagens reais, um homem que pobre que subiu na carreira muito por ajuda do sogro e que fazem com que ele acredite que por isso tem que obedecer a tudo o que ele diz, que tem um casamento que ele acha que é feliz, e do outro lado uma mulher que vive infeliz na vida que tem, um casamento que é de fachada e que só serve para o eleitorado acreditar que é bonito. Até que ponto isto não pode ser real? 
Uma das coisas que já percebi nas histórias criadas pela Danielle Steel, é que as personagens são pessoas que se podem encontrar facilmente na vida, não necessariamente iguais, mas com os mesmos problemas, receios, e vontades, o que faz com que se crie empatia com as personagens e consequentemente com o livro. 
Devido às minhas leituras anteriores, eu já conhecia alguns dos locais de Paris mencionados no livro. E a diferença para a minha antiga experiência de leitura, é que a autora não descreve o meio envolvente em demasia e ao pormenor, o que no meu caso específico é bom, porque eu não me dou bem com muitas descrições, e acabo por me saturar do livro. 
O que não gostei no livro, foram algumas "cenas" (como se isto se tratasse de um filme), que parecem ter sido apressadas, como quando eles se conhecem, a Olivia nem desconfia da identidade Peter, e de certa forma parece-me irreal. Também me enervou profundamente a esposa do Peter, que parecia casada com o pai, e a forma como este se envolvia na vida familiar deles.
"Cinco Minutos... Cinco Dias.. e  uma vida mudou para sempre num único momento"
Em suma é esta a frase do livro que melhor o resume, às vezes é um único momento que muda a nossa vida, é um novo ponto de vista que nos faz olhar para a realidade de outra forma. Por isso recomendo este livro para quem gosta de amores à primeira vista e de histórias de mudança.
A Minha Classificação:





Outras Capas:

Opinião de Outros Livros da Autora
Nota: Ao clicar nas imagens será dirigido para a opinião de outros livros da autora. Estará sempre atualizado, fazendo com que possa haver mais livros do que os que aparecem na imagem.

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.
Share:

3 comentários:

  1. Parece ser giro e chamou a minha atenção :) Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Parece-me ser um livro interessante e que vai para a minha lista de leitura!

    Beijinhos,
    Ella Morgan
    moonlightfelicitydestin.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Por acaso esse livro ainda não conhecia, linda. Mas obrigada pela partilha :)

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar