Música, Filmes, Livros, um pouco de tudo. Liliana, 20 anos, apaixonada pela sétima arte, toda a música existente, e sonha ter uma biblioteca gigante. Mergulhada constantemente em pipocas no sofá, e escritora nas horas vagas. Contacto: alilianaraquel@gmail.com

, , , ,

Crítica Literária: Nicholas Sparks - Uma Vida ao Teu Lado

Uma Vida ao Teu Lado
de Nicholas Sparks


ISBN: 9789892330792

Edição ou reimpressão: 06-2013
Editor: Edições Asa
Idioma: Português
Páginas: 448
Género: Romance

Compre na Wook:
Livro: 17,50€
Ebook: 12,99€

Sinopse:
Quando Sophia Danko conhece Luke, algo dentro dela muda para sempre. Luke é muito diferente dos homens ricos e privilegiados que a rodeiam. Através dele, Sophia conhece um mundo mais genuíno e puro do que o seu, mas também mais implacável. Ela tem uma vida protegida. Ele vive no limite. À medida que se descobrem e apaixonam, Sophia encara a possibilidade de um futuro diferente do que tinha imaginado. Um futuro que Luke tem o poder de reescrever... se o segredo que o atormenta não os destruir a ambos.
Não muito longe, algures numa estrada escura, um desconhecido está em apuros. Ira Levinson tem 90 anos e acabou de sofrer um acidente de carro. Ao tentar manter-se consciente, Ira sente a presença de Ruth, a sua mulher que morreu há 9 anos, materializar-se a seu lado. Ela encoraja-o a lutar pela vida, relembrando a história de amor que os uniu. Ira sabe que Ruth não pode estar no carro com ele mas agarra-se às suas delicadas memórias, revivendo as tristezas e alegrias que definiram a sua paixão.

Ira e Ruth. Sophia e Luke. Dois casais com pouco em comum, cujas vidas vão cruzar-se com uma intensidade inesperada nesta celebração do poder do amor e da memória.

Uma viagem extraordinária aos limites mais profundos do coração humano pela mão de Nicholas Sparks.

A Minha Opinião:
Antes de mais um agradecimento à minha amiga Daniela, que me emprestou o livro!
Começando pela história, comecemos por Ira e Ruth, numa viagem entre o passado e o presente, conhecemos uma história de amor que ultrapassou os tempos e as maiores adversidades. Ira é completamente apaixonado por Ruth, mas tem que ser ela a dar o primeiro passo, pois ele era muito envergonhado. Mas naquele momento, encarcerado dentro do carro e prestes a cair numa rabina, todas as memórias regressam, fazendo com que se mantenha acordado.
Por outro lado temos Sophia e Luke, ela uma estudante universitária, de certa maneira pouco rebelde, e ele um montador de touros. Eles não têm nada em comum à primeira vista, mas vendo ao pormenor à muito que os liga. Sophia vem de uma relação que acabou mal, e vê em Luke um homem vivido, e não uma criança como o seu ex-namorado. A maior ligação que têm são as longas conversas e a maneira como conseguem perceber-se um ao outro.
Eu gostei da história. Ligeiramente mais maçuda do que o normal, mais por haver mais descrições e não tanto diálogos. Mas o que mais me chamou à atenção foram as duas histórias de amor, que nada têm em comum a não ser o que os une, o verdadeiro amor, que vem das pequenas coisas, das memórias.
No momento da vida de Ira que a história começa, ele está às portas da morte, e o que o mantém vivo naquelas condições é as memórias do seu amor por Ruth. Mesmo milionário, o que lhe interessa é o que viveu e não o dinheiro que tem.
Contudo o amor de Sophia e Luke, parece tão repentino, que estou pior que a melhor amiga dela, Márcia, que pouco acredita que dê certo. Como ela diz, tudo anda demasiado depressa.
Algo que não gostei foi o facto de a história de Ira e Ruth e a de Sophia e Luke andarem a ritmos diferentes, mas estarem intercaladas na leitura, o que tornava complicada a compreensão em certos momentos de tempo. Enquanto numa tinham passado horas, noutra tinham passado semanas, às vezes tornava-se confuso.
Tirando isto, gostei bastante da história em si, e já estive até a ver o trailer do filme, que foi uma autêntica desilusão, acredito que não irei ler tão depressa. Sem querer dar spoilers do livro, não é nada parecido na forma como as coisas acontecem, e acredito que como noutros casos, tenham retirado partes, que para mim, são essenciais para a história, ou pelo menos modificado-as.
A Minha Classificação:

Share:

3 comentários:

  1. Eu quando li esse livro adorei mesmo!! Nicholas Sparks para mim nunca desilude ahah

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

    ResponderEliminar
  2. Adoro os livros do Nicholas Sparks e tenho vários, mas este ainda não li. Contudo, já vi o filme e gostei muito :)

    https://mundodablue.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Nunca li o livro mas já vi o filme, e arrependi-me imenso porque gostei tanto do filme que queria ter lido o livro antes porque deve ser melhor. E mesmo que tenhas ficado desiludida com o trailer aconselho-te a ver o filme porque até nem foi dos mais mal adaptados existem outros que não fazem sentido mas não é o caso porque o filme ficou incrível!

    Beijinhos,
    http://averamarques.blogspot.com

    ResponderEliminar