, , , ,

Cinema: A Estrela de Natal

Título original: The Star
De: Timothy Reckart
Com: Steven Yeun (Voz), Kristin Chenoweth (Voz), Zachary Levi (Voz), Christopher Plummer (Voz), Oprah Winfrey (Voz), Mariah Carey (Voz), Gina Rodriguez (Voz)
Em Portugal: Pedro Fernandes, Eduardo Frazão, Nilton, António Raminhos
Género: Animação
Ano: 2017
Duração: 86 Minutos
País: Estados Unidos da América

Sinopse:
Há mais de dois milénios, existia uma pequena aldeia onde vivia Bo, um burro muito expedito que sonhava com grandes aventuras. Determinado a acabar com a monotonia, fugiu do dono e seguiu
viagem em direcção ao mundo. Assim se fez amigo de Ruth, uma pequena ovelha tresmalhada, e de Dave, um pombo com grandes aspirações. Os três amigos resolveram então seguir uma estrela muito especial que, segundo a lenda, os levaria a conhecer o Messias. O que eles nunca poderiam imaginar era que essa resolução os levaria a fazer parte de uma das mais belas histórias de sempre…
Produzido pela Sony Pictures Animation, um filme de animação com espírito natalício realizado por Timothy Reckart – na sua estreia em longas-metragens –, segundo um argumento de Carlos Kotkin e Simon Moore, que segue o nascimento de Jesus pela perspectiva dos animais que supostamente o presenciaram. Na versão original, as personagens adoptam as vozes de Steven Yeun, Gina Rodriguez, Zachary Levi, Keegan-Michael Key, Kelly Clarkson, Patricia Heaton, Kristin Chenoweth, Tracy Morgan, Tyler Perry e Oprah Winfrey . in PÚBLICO

Trailer: 
A Minha Opinião:
Já fui ver este filme à algum tempo, mas só agora me dediquei a escrever sobre ele, por falta de tempo. Quando o fui ver ao cinema, foi uma confusão com as minhas amigas porque não estávamos de acordo acerca do filme, e eu e outra amiga fomos ver sozinhas este, e quando digo sozinhas foi mesmo com a sala inteira vazia, e foi fantástico. 
Este filme retrata a história conhecida do Menino Jesus, mas do ponto de vista do famoso burro do presépio. Bo era um burro que sonhava mais alto do que era costume, e quando tenta fugir para seguir os seus sonhos vai parar a casa de José, que nunca foi muito com a cara dele. Nisto ele acaba por se afeiçoar a Maria, e quando estes vão a Jerusalém por causa da recensão, ele vai atrás para os proteger. 
Com imensas personagens, as que mais adorei foram os 3 camelos, que levam os Reis Magos. Eles são simplesmente fantásticos e divertidos, e destaco a equipa de dobragem que escolheu vozes super divertidas e que encaixam muito bem. Também gostei do Pombo que é uma diversão e sempre com muito talento!
Eu adorei o filme e aconselho a todos que vão ver o filme, vale muito a pena, e é excelente para ver em família!
A Minha Classificação:

Share:
Read More
, , , , , ,

Opinião Literária: Dorothy Koomson - A Filha da Minha Melhor Amiga

A Filha da Minha Melhor Amiga
de Dorothy Koomson 

ISBN: 978-972-0-04124-1
Título Original: My Best Friend'S Girl
Edição: 11-2016
Editor: Porto Editora
Género: Romance 
Páginas: 448
Compre na Wook:
Livro (aqui)
Ebook (aqui)
Goodreads: 4,03✯ (aqui)



Sinopse:

A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.
Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusões. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adote a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate.
Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração
Uma viagem dolorosa e comovente de autoconhecimento, uma leitura de cortar a respiração.

A Minha Opinião:
Eu sempre ouvi excelentes críticas sobre este livro, quando se fala em Dorothy Koonmson este livro vem sempre à baila, e eu já o li à algum tempo, mas só agora tive oportunidade de escrever a minha opinião sobre ele.
O livro conta a história de Kamryn, uma mulher que decidida, com uma carreira de sucesso que se foca no seu trabalho, fugindo aos problemas do amor. Mas no seu dia de anos recebe uma carta que a deixa transtornada, de uma ex-amiga, Adele, que a traiu à alguns anos, que lhe pede que fique com a sua filha, Tegan, pois está à beira da morte. A questão é que ao fazer o que lhe pede, Kamryn vai remexer num passado que lhe custou tanto a meter para trás das costas, mas é também de ressalvar que a criança não tem culpa.
O que eu mais gostei no livro é que tudo é contado no seu devido tempo, como famosos flashbacks, quando tem necessariamente de acontecer e não temos uma tonelada de informação a ser desejada de rompante.
Depois temos as personagens, a pequena Tegan é um amor, mas é em Kamryn que se centra a história, e ela é uma mulher corajosa, por aceitar entrar nesta aventura, e por ultrapassar todos os obstáculos que se colocam no seu caminho.
Quando ao final, eu gostava que fosse mais desenvolvido, afinal nunca nos contentamos com o que o autor nos oferece e queremos sempre saber mais sobre o final das nossas tão adoradas personagens.
Para quem gosta de romances aconselho que leiam este livro, é muito bonito e apaixonante.

A Minha Classificação

Outras Capas

Share:
Read More
, , , , , ,

Na TV: Raven's Home

Título Original: Raven's Home
Género: Comédia
Número de Episódios: 13 da 1ª Temporada 
Onde ver: Disney Channel

Sinopse:
Raven continua a ter visões sobre o futuro. O que ela não sabe é que o seu filho Booker também herdou esse poder. Prepara-te para viver grandes e divertidas aventuras com a Raven, os seus filhos Booker e Nia, e com a sua melhor amiga Chelsea e o seu filho Levi.



Trailer:

A Minha Opinião:
Estreou na Sexta-Feira na Disney a nova série da Raven, e eu como já vi em inglês venho aqui dar a minha opinião sobre a série.
Eu já não me lembro bem da Raven antiga (estou a pensar rever novamente a série em breve), mas a essência mantém-se nesta, mas agora são dois a ter visões, e já se sabe que quando tentam remediar o que fazem mal, a coisa não corre muito bem, e desta vez não é excepção.
Na nova série, a Raven tem dois filhos, gémeos Booker e Nia, divorciada e que vive com a sua eterna amiga Chelsea, que também está divorciada e tem um filho Levi. São muitas as trapalhadas em que se metem, e apesar da idade, nada mudou.
Eu gostei bastante da série, é leve e divertida, bem do estilo da Disney, apesar de inicialmente não me ter cativado muito, mas ao longo dos episódios acabei por gostar e me rir bastante com aquelas pestinhas.
Sem saber que ia dar na Disney tão rapidamente, é que à tempos que dizia "Brevemente", mas pelas promos já me tinha desiludido quanto à dobragem. Eu nunca tinha notado, porque não estou habituada a ver este tipo de séries em inglês, mas há uma diferença tão grande na voz, a começar pela equipa de dobragem portuguesa ser só mulheres. Na maioria das vezes nem se nota que as vozes masculinas são feitas por mulheres, mas desta vez nota-se perfeitamente, principalmente quando fazem vozes noutras séries também. Por exemplo, a voz da Raven, é a voz do Ravi, da Jessie.
De qualquer forma, e tirando este pormenor, para os fãs da Raven aconselho a verem!
A Minha Classificação:

Share:
Read More
, , , , ,

Cinema: Spy

Título original: Spy
De: Paul Feig
Com: Rose Byrne, Jason Statham, Morena Baccarin, Melissa McCarthy, Jude Law
Género: Comédia
Classificação: M/12
Duração: 120 minutos
País: Estados Unidos da América
Ano: 2015

Sinopse:
A trabalhar para a CIA há já vários anos como analista, Susan Cooper é aquele tipo de pessoa que permanece no anonimato enquanto outros recebem os créditos pelas missões bem-sucedidas. Insegura e introvertida, sente que, apesar de todo o trabalho meritório que foi desenvolvendo ao longo dos anos, a sua vida faz pouco sentido. Quando, precisamente a meio de uma missão importantíssima, a identidade dos agentes no terreno é comprometida, ela voluntaria-se para se infiltrar no perigoso mundo do tráfico de armas. E é assim que alguém que sempre se viu escondida – e protegida – atrás do seu computador se vê obrigada a enfrentar os maiores desafios da sua vida…

Uma comédia de acção com argumento e realização de Paul Feig ("A Melhor Despedida de Solteira", "Armadas e Perigosas"), que conta com as interpretações de Melissa McCarthy, Jude Law, Rose Byrne, Jason Statham e 50 Cent, entre outros. (in PÚBLICO)
Trailer:
A Minha Opinião:
Só pelo trailer fiquei rendida a este filme. Eu adoro filmes de comédia e com esta atriz eu não esperava outra coisa.
O Filme conta a história de Susan, uma agente da CIA que trabalha como apoio aos agentes no terreno, e assim gosta de ser. Contudo quando o seu parceiro é morto ela propõe ir apanhar quem está por detrás da morte dele, apesar de não ter qualquer experiência.
Todas as peripécias do filme, a forma como ela faz as coisas, e como se mete em confusões é fantástica e hilariante, pelo menos para mim!
A Minha personagem favorita é a Susan, porque além de hilariante, ela também mostra que não são só os homens e as mulheres bonitas que têm talento. Uma mulher acima do peso também consegue fazê-lo e bem.
De uma maneira geral o filme gostei bastante do filme, e acima de tudo diverti-me bastante e aconselho a todos que vejam!
A Minha Classificação:

Share:
Read More
, , , , , ,

Book Haul de Janeiro

Este primeiro mês do ano foram de algumas comprinhas económicas! É fantástico como conseguimos encontrar bons livros a bons preços, não são é como era de esperar os mais recentes no mercado, mas mesmo assim são bastante interessantes. 

Nora Roberts - À Procura de Noivas
Editora: Harlequin
Compre na Wook: 6,65€
Sinopse:
A vida e os amores da extraordinária família MacGregor.
Com noventa anos, não havia nada que o poderoso patriarca do clã MacGregor gostasse mais de fazer do que de casamenteiro com os elementos da sua família e de constituir casais felizes. 

Encontrou em três das suas netas as noivas perfeitas para os três candidatos que tinha em mente, porem, primeiro teria de as convencer que o amor e o casamento eram tão importantes como as suas carreiras profissionais…







Danielle Steel - Tempo Para Amar
Editora: 11 X 17
Compre na Wook: 8,00€
Sinopse:
Kate tinha apenas dezoito anos quando conheceu Tom Harper, uma grande estrela do futebol americano. O amor entre eles foi fulminante e começaram a viver uma idílica história de amor. Infelizmente os pais de Kate — pertencentes à alta burguesia — não aprovam o romance da filha, e quando ela insiste em continuar o namoro expulsam-na de casa.
Tom tudo faz para que ela esqueça a crueldade dos pais, e Kate começa a viver num mundo glamuroso, de luxo e de fama. Tudo corria bem até que a carreira de Tom começa a declinar e ele tenta suicidar-se. O suicídio não é bem-sucedido e como consequência disso, Tom fica paralisado e com a mentalidade de uma criança de sete anos. Grávida e com o marido deficiente Kate sente o seu mundo a desmoronar e todos os seus sonhos destruídos.

Refugia-se no campo com o filho, enquanto o marido é internado numa casa de saúde. Para tentar exorcizar os seus fantasmas, Kate dedica-se à escrita. Graças ao sucesso alcançado pelo livro, Kate é persuadida a empreender uma viagem de promoção, mas será ela capaz de sair do seu isolamento e aceitar de novo o amor que surge na sua vida?

Kate Jacobs - Laços Eternos
Editora: Edições Asa
Compre na Wook: 4,90€
Sinopse:
A época festiva que se aproxima é a altura ideal para a jovem Dakota Walker exibir os seus dotes culinários, isto se não estiver demasiado ocupada a tricotar na Walker & Filha, a mais acolhedora loja de lãs de Manhattan… Graças à família e às amigas do Clube de Tricô, Dakota conhece o verdadeiro valor da amizade. Nos anos que se seguiram à morte da mãe, todos a acarinharam e ajudaram a crescer. Entre confissões, desabafos, novas e antigas paixões, o grupo resiste à dura rotina nova-iorquina e continua a manter os seus hilariantes encontros de sexta-feira. Para Dakota abre-se agora a possibilidade de visitar a família materna, na Escócia, e rever as pessoas e os locais que marcaram a infância e juventude da mãe. Mas algo que pode ser determinante para o seu futuro está a prendê-la a Nova Iorque e a colocá-la perante um dilema que não permite segundas oportunidades…

Margarida Rebelo Pinto - Diário da Tua Ausência
Editora: Oficina do Livro
Sinopse:
Uma carta de amor apaixonada e comovente que ensina os homens a acreditar no amor das mulheres.
"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver."



Marina Fiorato - O Coração de Murano 
Editora: Porto Editora
Sinopse:
O fabrico de vidro e cristal representa um inestimável monopólio para a República e os espelhos venezianos são considerados mais valiosos do que o ouro. Sob a vigilância atenta do Conselho dos Dez, os sopradores de vidro de Murano vivem praticamente aprisionados na pequena ilha, onde os segredos do seu ofício são guardados a sete chaves. Mas o maior dos artífices, Corradino Manin, ver-se-á forçado a revelar os seus métodos e a vender a alma a Luís XIV, o Rei Sol, para proteger a sua filha ilegítima.

Quase quatro séculos depois, Leonora Manin deixa para trás um passado infeliz em Londres para iniciar uma nova vida como sopradora de vidro em Veneza. Será na cidade mágica dos canais que encontrará o amor e a possibilidade de refazer a sua vida. No entanto, à medida que os segredos da traição do seu antepassado vão sendo desvendados, Leonora verá o seu próprio destino interligado com o de Corradino.

Entre dois tempos, o período renascentista e a actualidade, O Coração de Murano é um romance inesquecível que decorre na mais bela cidade do mundo.

Estas foram as minhas comprinhas de Janeiro e as vossas como foram?

Share:
Read More
, , ,

Cinema: As Cinquenta Sombras Livre

Título original: Fifty Shades Freed
De: James Foley
Com: Kim Basinger, Arielle Kebbel, Dakota Johnson, Jamie Dornan, Marcia Gay Harden, Eric Johnson 
Género: Drama, Thriller
Classificação: M/16
Ano: 2018
Duração: 105 Minutos
País: Estados Unidos da América


Sinopse:
Após uma demorada lua-de-mel na Europa, Anastasia e Christian regressam a Seattle, EUA. Apesar do idílio que se tornou a sua relação, ambos sabem que, a partir de agora, a vida em comum lhes trará desafios ainda maiores. O que não poderiam imaginar era que Anastasia fosse ameaçada por Jack Hyde, que busca vingança por ter sido despedido da SIP (Seattle Independent Publishing), a editora onde ambos trabalhavam. Para piorar, Elena, a mulher que iniciara Christian nas práticas BDSM ainda na adolescência, regressa para assombrar a vida do casal…
A conturbada relação erótica e emocional entre o empresário Christian Grey e a jovem Anastasia Steele continua nesta adaptação do terceiro e último volume da trilogia escrita pela britânica E.L. James, um fenómeno global de vendas que popularizou as práticas BDSM ("bondage", disciplina, dominação, submissão, sadismo e masoquismo). A realização cabe a James Foley ("Homens à Queima-Roupa", "O Medo", "As Cinquenta Sombras Mais Negras") e o argumento, que aborda o tema confiança vs. necessidade de controlo, é da responsabilidade de Niall Leonard. Jamie Dornan, Dakota Johnson, Marcia Gay Harden, Kim Basinger, Luke Grimes, Eric Johnson, Callum Keith Rennie e Eloise Mumford voltam a dar vidas às suas personagens. in PÚBLICO

Trailer:
A Minha Opinião:
Eu estava bastante ansiosa para ver o filme. Fui "arrastada" pelas minhas amigas para ver o anterior, e fiquei bastante curiosa para ver como ia terminar esta trilogia. 
O filme continua a história do filme anterior "As Cinquenta Sombras Negras", iniciando-se com o casamento da Anastacia e do Christian, o grande momento que se esperava do filme. Depois bem a vida de casados, mantendo sempre as cenas picantes que nos habituaram e o a personagem que jurou vingança no fim do anterior, o Jack, o antigo patrão da Ana.
Uma das coisas que me chamou à atenção logo no trailer foi alguns momentos de ação, que sinceramente me desiludiram na realidade, porque podiam ter sido mais intensos do que foram, e muito rápidos, nem deu bem tempo para assimilar o que estava a acontecer.
Contudo gostei bastante da nova "Anastacia" muito mais livre, com personalidade e não uma mosquinha morta que aceita tudo o que o homem diz. 
Sem querer dar spoiler, o final para mim ficou a desejar, mas mesmo assim não deixei de gostar do filme, e de ficar triste por ser o último. Mas quem sabe se a autora não escreve a versão do Grey para este filme/livro, pois ficaram ali muitas coisinhas por desvendar!!
Se gostam deste tipo de filmes, aconselho que vão ver, porque de certa forma vão-se surpreender!
A Minha Classificação: 

Share:
Read More