, , , , , ,

Opinião Literária: Jamie Mcguire - A Caminhar Para O Desastre

A Caminhar Para O Desastre
(Beautiful #2)
de Jamie Mcguire 
Título Original: Walking Disaster
ISBN: 9789896573571
Edição ou reimpressão: 11-2013
Editor: Editorial Planeta
Idioma: Português
Páginas: 404
Classificação: Romance; Jovem Adulto; Literatura Erótica
Compre na Wook:
Livro (aqui)
Goodreads: 4,22✯ (aqui)


Sinopse:
Travis Maddox perdeu a mãe quando ainda era criança. O conselho que lhe deu na hora da despedida foi: «Ama intensamente… Luta ainda mais intensamente…»
Travis é um lutador clandestino, oriundo de uma família de vários irmãos, mais velhos e duros. Mau rapaz por definição, todas as noites leva para casa uma rapariga diferente. Até conhecer Abby Abernathy… Mal-afamado em todo o campus devido às suas relações com as mulheres, não é de surpreender que Abby rejeite os avanços de Travis; o máximo que aceita é ser sua amiga. No entanto, Travis está decidido a lutar pelo seu coração…

Críticas de Imprensa 
«Mal penetramos na mente de Travis Maddox deixamos de ter vontade de sair.»
Collen Hoover

«Insanamente viciante. Sexy, intenso e perfeito. Jamie McGuire escreveu um excelente livro.»
Jessica Park

A Minha Opinião:
Basicamente mal acabei de ler a versão da Abby (da qual já falei aqui) agarrei-me a este livro, ainda estava tão embriagada pela outra que precisava de saber o que se passou na cabeça do desgraçado do Travis para fazer certas coisas, ou o que ele pensou em certos momentos.
Por outro lado, talvez por se tratar da mesma história mas contada por outra pessoa perca algum interesse, afinal de contas nós leitores já sabemos o que vai acontecer, para quê reviver tudo novamente? Para ler a verdade do Travis.
Para mim essa é a diferença entre ambos os livros, enquanto "Um Desastre Maravilhoso" nos apresenta a verdade da Abby, este mostra-nos a do Travis. O que ele pensou, fez, disse, que os leitores nem imaginamos.
Por detrás daquela capa de durão, lutador clantestino, está um jovem, que tem tantas complicações dentro da cabeça como qualquer outro. A sua forma de lidar com isso está longe de ser a melhor, mas nós pouco o podemos condenar. Quantas vezes agimos da forma incorreta por nem querermos dar importância?
Neste livro, Jamie Mcguire, apresenta-nos a sensualidade de Travis no seu melhor e o seu mundo, por mais confuso que seja!
Já para não falar no epilogo que nos dá um "cheirinho" do futuro do Travis e da Abby!
Aconselho todos a lerem!!

A Minha Classificação 
Share:
Read More
, ,

Viagem ao Passado: White Lion


Hoje viajaremos até aos anos 80, onde em Nova Iorque se formou uma banda de glam metal, os White Lion, formado por Mike Tramp e Vito Bratta.
Lançaram seu primeiro album Fight To Survive em 1985. Contudo foi com o segundo album, Pride em 1987 alcançou o duplo disco de platina com "Wait" e "When the Children Cry". A banda continuou fazendo sucesso com o terceiro album, Big Game, no qual alcançaram disco de ouro, e o quarto album, Mane Attraction foi lançado durante a turnê.



A banda terminou 1991, mas foi reagrupada em 1999 por Mike Tramp, o único membro do alinhamento original. Entretanto teve que mudar o nome da banda para "Tramp's White Lion" devido a uma disputa legal com Vito Bratta sobre o direito ao uso do nome "White Lion", que Mike viria a ganhar o direito a usar o nome da sua banda em 2007. Em Março do ano seguinte edita "The Return of the Pride".


As minhas músicas preferidas são When The Children Cry, Broken Heart, Till Death Do Us Part.






Espero que tenham gostado e até à próxima viagem!
Share:
Read More
,

Filmes que fazem 10 anos em 2017


Seguindo o molde que fiz das músicas (podem ver aqui), hoje venho apresentar-vos 14 filmes que este ano fazem 10 anos. Parece que foi ontem, e na realidade já passou tanto tempo!
Deliciei-se e divirtam-se nesta viajem pelo cinema de 2007!

1) Harry Potter e a Ordem da Fénix



2) Uma História de Encantar


3) Shrek: O Terceiro



4) Transformers

5) Ocean's 13


6) Os Simpsons: O Filme


7) Homem Aranha 3 


8) P.s I love you

9) Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo


10) Juno


11) Expiação

12) Ratatouille


13) Hairspray - Em Busca de Fama





14) Um Azar do Caraças



Espero que tenham gostado! Qual destes filmes vos traz mais nostalgia?



Share:
Read More
,

A Primeira Parceria
























É verdade consegui a primeira parceria para o blog. Para mim é um orgulho imenso esta vitória, e agradeço à Chiado Editora por esta oportunidade.
E pode ser que em breve haja um passatempo aqui no blog! Que acham?
Deixo-vos algumas informações sobre a editora!


“A Chiado Editora é especializada na publicação de autores portugueses e brasileiros contemporâneos, sendo neste momento a maior editora em Portugal neste segmento, e uma das editoras em maior crescimento no Brasil. Em pouco mais de sete anos de existência, a Chiado Editora revolucionou o mercado do livro em língua portuguesa, editando mais de 1000 novos títulos por ano! Em virtude dos métodos inovadores de produção e distribuição que desenvolvemos, todos os livros publicados pela Chiado Editora estão, a todo o momento, disponíveis para todos os Leitores, nas maiores redes livreiras de Portugal e do Brasil.
A política editorial seguida pela Chiado Editora visa democratizar o mundo editorial, gerando as melhores oportunidades para os Autores, e oferecendo aos Leitores excelentes obras, de variadíssimos géneros, a um preço justo e sem preconceitos.
Dado o sucesso conquistado em Portugal e no Brasil, a Chiado Editora expandiu o seu trabalho para vários países, em várias línguas diferentes. Poderá descobrir as obras publicadas pelas nossas divisões internacionais através dos seus websites. A Chiado Editora publica igualmente na Alemanha, Bélgica, Espanha e América Latina, Estados Unidos da América, França, Luxemburgo, Irlanda e Reino Unido.

A nível global, a Chiado é a maior editora do mundo em volume de obras publicadas!”
Share:
Read More
, , ,

Opinião Literária: Rodolfo Melo - Meu Deus, Mas Que Cidade Linda

Meu Deus, Mas Que Cidade Linda
de Rodolfo Melo 
Edição: 04/2017
Editora: Editora 42
Idioma: Português


Sobre o Autor:
Rodolfo Melo nasceu em Brasília, onde mora até hoje. É formado em Pedagogia e Matemática. Sim, mostrando que o amor pela escrita não se resume a ciências humanas, somente.
Estreou como escritor em 2013, com o livro Contos de Amor e Ódio. De lá pra cá reuniu contos, crônicas e apresenta agora, pela Editora 42, seu novo título: Meu Deus, mas que cidade linda.
Além da literatura, Rodolfo escreve sobre música, séries e assuntos variados para sites.

Sinopse:
Meu Deus, mas que cidade linda é um livro que poderia ser descrito como uma coletânea de contos policiais, ou criminais, ou sobre a violência.
Mas, é mas um livro sobre as desigualdades sociais, sobre a ignorância humana, sobre preconceitos. E de forma crítica, muito crítica, até ácida, a cidade é linda. Dependendo dos olhos que a veem.
Nascido em Brasília, Rodolfo se tornou escritor assim, como quase todo mundo: escrevendo.
Seu segundo livro impresso traz um recorte pontual sobre a realidade brasiliense. A violência, o racismo, os medos.
Brasília é linda, viva e urbana.
E como toda cidade, guarda em seus becos, suas ruas, suas pessoas, histórias.
Aqui você a verá desnuda. Um livro de crônicas ácidas, duras, violentas e verdadeiras, marcadas pela escrita aguda de Rodolfo Melo.

A Minha Opinião:
Este livro foi-me disponibilizado pelo autor para que eu pudesse fazer esta resenha. Há muito tempo que já não lia um livro com crónicas, mas sem dúvida que foi um bom regresso.
Meu Deus, Mas que cidade Linda, apresenta-nos uma série de crônicas, que nos fazem viajar por uma realidade dura e crua e uma cidade. Aborda os mais variados temas, desde do racismo, à prostituição, droga, corrupção, de tudo um pouco. Deixa-nos escandalizados com a crueldade das pessoas, e principalmente com a frieza destas.
De crónica para crónica é nos apresentado uma história diferente, com novos protagonista, numa escrita cuidada, e mudando o ponto de vista, tendo em conta o que é mais adequado para cada história.

Aconselho-vos a lerem esta obra! Boas Leituras!


Classificação


Share:
Read More
, ,

Spotify, O Mundo da Música


Spotify é um serviço de música comercial em streaming, podcasts e vídeo comercial que fornece conteúdo provido de restrição de gestão de direitos digitais de gravadoras e empresas de mídia. Foi criado em 2008, e conta atualmente com mais de 75 milhões de usuários ativos. 
Pode ser usado gratuitamente, e também de forma paga, onde não existe publicidade e tem-se acesso a recursos Premium, como por exemplo, ouvir música offline.


Existe aplicação para todos os dispositivos móveis, e também computadores, permitindo o acesso a milhões de músicas em qualquer lugar. 

Na minha opinião, o Spotify tornou-se uma excelente forma de ouvir música gratuitamente, de forma legal e ajudando na mesma os artistas. 
À uns anos atrás para ouvirmos uma música nova, e se não quiséssemos comprar o CD ou simplesmente não o houvesse em Portugal, tínhamos de esperar tempos para encontrar a música no youtube. A espera era ainda maior se procurássemos um artista português mais recente, o tempo até podermos ouvir a música podia ser infinito. 
Com o Spotify não, a maioria dos artistas tem contrato com eles, e podemos ouvir as suas músicas mal saiam na esfera musical. 
Por isso criem conta, e sigam os vossos amigos e conheçam músicas novas!!
Share:
Read More
,

Novidades Literárias


Eu sou daquelas pessoas que subscreve dezenas de newsletters. Desde lojas, a marcas, blogs, é uma excelente forma de estar a par de todas a novidades, promoções, passatempos e até descontos.
Nos últimos dias tenho recebido algumas com as novidades literárias do momento, tanto de livrarias, como das editoras. Então resolvi dar uma vista de olhos a todas, e procurar os livros que mais me chamaram à atenção. Deixo-vos então com a minha lista!

Nora Roberts – Caminhos do Amor
Eu sou bastante fã da Nora, daí o seu novo livro ter imediatamente chamado á minha atenção. Trata-se do primeiro volume de uma nova série, Primos O'Dwyer.

Editora: Chá das Cinco
Compre Aqui: 15,93€

Sinopse:
Iona Sheehan sempre ansiou por devoção e aceitação dos pais, mas foi só na terra da avó que recebeu os dois: Irlanda, país de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias, onde o sangue e a magia dos antepassados fluem há gerações. Iona chega à Irlanda apenas com as indicações da avó, uma atitude otimista perante a vida e um talento inato com cavalos. Perto do castelo luxuoso onde está hospedada, encontra os seus primos, Branna e Connor O’Dwyer. E como família é família, eles convidam-na para a sua casa e para as suas vidas.

Quando Iona arranja emprego nos estábulos locais e conhece o dono, Boyle McGrath, todas as suas fantasias se reúnem num só homem. Será que com ele vai conseguir viver a vida com que sempre sonhou? Infelizmente nada é o que parece. Um mal antigo espalhou-se na sua família e tem de ser combatido. E quando família e amigos lutam entre si, será possível encontrar os caminhos do amor?

Anne Tyler – Amarga como o Vinagre
Não conheço esta autora, mas confesso que o título me deixou curiosa!

Editora: Bertrand Editora
Compre Aqui: 15,93€

Sinopse:
Kate Battista sente-se encurralada. Como foi que acabou a cuidar da casa para o pai, um cientista excêntrico, e para Bunny, a irmã mais nova, linda e pretensiosa? Além disso, está sempre metida em sarilhos no trabalho. As crianças do jardim-de-infância adoram-na, mas os seus pais nem sempre concordam com as suas opiniões pouco comuns e os seus modos diretos. O Dr. Battista tem outros problemas. Depois de anos passados na selva académica, está à beira de fazer uma descoberta importante.

As suas investigações podem vir a ajudar milhões de pessoas. Só há um pequeno problema: Pyotr, o seu jovem e brilhante assistente, está prestes a ser deportado. E, sem Pyotr, fica tudo perdido. Quando o Dr. Battista engendra um plano para que Pyotr fique no país, está como sempre a contar com a ajuda de Kate. Mas a filha fica furiosa: desta vez está mesmo a pedir demais. Contudo será, que consegue resistir à comovente campanha desses dois homens para a convencerem?

Nora Roberts - Onde Caem os Anjos (Versão de Bolso)
Mais um da Nora Roberts, o meu orçamento para livros vai diminuir…

Editora: 11 X 17     
Compre Aqui: 8,10€

Sinopse:
Venha descobrir a beleza das montanhas americanas e as fantásticas receitas de culinária de Reece Gilmore, nesta apaixonante história de crime, loucura e amor de Nora Roberts.
Reece Gilmore foge de um passado traumático como única sobrevivente de um crime brutal em que viu todos os seus amigos morrer. Um dia chega a Angel’s Fist, um lugar idílico rodeado por belas montanhas, e decide aceitar um emprego no restaurante local como cozinheira.
Reece cedo encanta os locais com os seus dotes de culinária. Afinal de contas, era uma famosa chefe de cozinha na Costa Leste, mas continua atormentada pelo crime de que foi vítima, e luta constantemente contra os pesadelos que a assombram. Até que um dia é a única testemunha de um novo homicídio…
Sendo tão frágil e dada a ataques de pânico, ninguém na cidade parece acreditar em Reece a não ser Brody, um irascível e atraente escritor de policiais. E quando uma série de eventos perigosos tornam claro que alguém está a tentar enlouquecer Reece e a eliminá-la do caminho, ela terá de confiar em Brody, e em si própria, para descobrir se existe ou não um assassino em Angel’s Fist.

Sara Prata - Prata, Pratinha, Pratão!
Ouvi falar deste livro na rádio, e sinceramente fiquei interessada!

Editora: Casa das Letras
Compre Aqui: 17,01€

Sinopse:
Tudo aqui se torna mais simples, mais leve, mais feliz. Aqui, não há dietas, mas sim amar os nossos miúdos ao darmos o melhor dos nossos alimentos. Também é preciso educar os adultos, já chega de desculpas do "não tenho tempo", "não tenho dinheiro", "já não suporto ouvir falar em saudável", já chega, porque a realidade cresce dia-a-dia à nossa frente e sempre aos pulos e, lá mais para frente, não temos como voltar atrás.
Fácil de entender, certo?
Aqui, prometo que vai ser assim, fácil, prático e consciente. Num instante vão mudar a vossa alimentação e perceber como os vossos miúdos estão felizes e não reclamam mais... quer dizer, isso já se sabe que faz parte deles, chama-se crescer.
Mas abrace este livro, leve-os para a cozinha e faça-os crescer mais saudáveis e mais felizes. E, pelo meio, aproveite para os entreter com actividades que puxam pela imaginação!

Catherine Bybee - Seduzido até Domingo
Este livro ainda se encontra em pré-venda, mas só o titulo dá-me vontade de ler! Faz parte de uma coleção, que também tem os títulos mais interessantes. Ainda não li nenhum, mas tenho intenções de o fazer nos próximos tempos!

Editora: Bertrand Editora
Compre Aqui: 14,94€

Sinopse:
Meg Rosenthal: Casamenteira de dia, realista à noite, Meg não se vai deixar levar por um belo homem de negócios qualquer com o seu fato de designer. Foi a uma fantástica estância avaliar o potencial dessa ilha privada para a sua agência, não foi para namorar com o seu dono. Mas aquele homem tem um magnetismo qualquer a que é difícil resistir, até mesmo para uma mulher que se recusa a apaixonar-se. Valentino Masini: Homem de negócios bem sucedido e lindo de morrer, Valentino está habituado a ter o que de melhor há no mundo. No entanto, nunca quis nada com a intensidade com que quer Meg, que provocou um terramoto no seu coração. Mas justamente quando decide convencê-la a ficar, alguém decide tirar Meg da ilha… para sempre.





Cheryl Holt - A Filha do Vigário
Eu adoro os livros da Cheryl Holt, e este só pela capa já me conquistou!

Editora: Quinta Essência
Compre Aqui: 14,31€

Sinopse:
A jovem Emma Fitzgerald vai preparada para dar luta. Pretende exigir de Wakefield um tratamento mais justo, um pouco de compaixão e decência para com os seus trabalhadores. Não contava deparar-se com ele em atos menos próprios (despido, até) com a sua amante londrina. E, embora o sangue lhe ferva nas veias, a jovem não deixa de experimentar um momentâneo e delicioso arrepio...
O visconde não está habituado a ser repreendido. Muito menos por mulheres tão belas como Emma, pois essas costumam sucumbir rapidamente ao charme dele. E, quando o seu plano retorcido de a pôr a correr dali se vira contra ele, mais chocado fica. Agora, John está determinado a iniciar a jovem filha do vigário na arte do prazer… Ou será ela a iniciá-lo a ele na arte do amor…?
Cheryl Holt está de regresso com um romance pleno de paixão e sensualidade, mostrando porque merece a coroa de rainha do romance erótico.

Megan Miranda - Uma Perfeita Estranha

Editora: TopSeller
Compre Aqui: 15,92€

Sinopse:
Leah precisa de fugir
Leah levou demasiado longe o seu trabalho como jornalista ao publicar um artigo em que acusou um professor universitário de fornecer drogas aos alunos. Pensou que a verdade seria suficiente para resolver tudo. Estava enganada.
Emmy tem a solução
Graças à amiga Emmy, Leah consegue escapar ao escândalo, refugiando-se com ela numa pequena vila na Pensilvânia, longe de tudo, onde arranja um trabalho como professora. Infelizmente para Leah, ninguém é quem parece ser.

Mas o passado não pode ficar enterrado. Uma mulher incrivelmente parecida com Leah aparece morta nas margens do lago da vila. Uma carrinha é encontrada no fundo do lago. Emmy desaparece, sem deixar qualquer rasto, deixando a polícia a suspeitar que nunca terá existido, sequer. O que está, afinal, a acontecer?

Estes foram os que me chamaram à atenção, e vocês algum vos cativou?

Share:
Read More
, , , ,

Tag: 13 Reasons Why


Comecei a ver a série ontem e hoje terminei o último capítulo. Já tinha ouvido falar muito sobre a série, afinal nas redes sociais ela estava a arrasar. Muito breve publicarei a minha resenha sobre a série!! Fiquem atentos! Vamos então à tag, estão todos nomeados para a fazerem!!

1. Como conheceste a série?
Ouvi falar nas redes sociais, principalmente no Twitter e nos grupos de viciados em séries no Facebook!

2. Qual a tua avaliação sobre a série?
Numa escala de 0 a 10, daria um 8!

3. Personagem favorito?
Clay.


4. Personagem mais bonito?
Justin. Ele era um estúpido, mas também era bem giro!!


5. Crush?
Mantemos o Clay, eu simplesmente quase me apaixonei por ele! Ah, e o Justin!

6. Aprendeste algo com a série?
Sem dúvida. Principalmente que nunca sabemos o que se passa na vida das pessoas que nos rodeiam, e que não demos julgar ninguém sem dar no mínimo uma oportunidade à pessoa.

7. Qual personagem te identificas?
Esta pergunta é complicada, não houve assim nenhuma personagem que diretamente com a quel eu me identificasse. Talvez o Clay, por causa de ser um pouco Geek, e de não ser popular nem tencionar ser...

8. Qual o momento mais impatante da série?
O momento da morte da Hannah, quando ela está na banheira.

9. Já indicaste ou indicarias a série?
Ainda não indiquei, mas indico a todos para assistir!!

10. Personagem lixo?
Bryce. E para quem já viu a série percebe porquê...

11. Qual personagem serias na série?
Outra pergunta complicada, talvez um dos figurantes que apareciam nos corredores do colégio.

12. Já foste uma Hannah Backer? Conte um pouco da sua história.
Felizmente nunca fui. E acho que não tinha coragem para ser.

13. Uma frase...
Pode destruir uma vida.

{Criada pelo canal Boca do Mundo}
Share:
Read More
, , ,

Viagem ao Passado: Carlos Paião


Viajaremos esta semana até 1980 e ficaremos por Portugal. Muito conhecido e ainda com as suas músicas na cabeça dos portugueses, falaremos de Carlos Paião.
Ganhou o Festival RTP da Canção em 1981, com Playback, ficou em penúltimo lugar no Festival Eurovisão da Canção 1981, mas ainda nesse ano lançou o Pó de Arroz, que ainda hoje tem popularidade. Voltou a concorrer ao festival acompanhado de Cândida Branca Flor ficando em terceiro lugar. 
Compôs diversas canções para diversos artistas portugueses. 
Em 1988 faleceu num violento acidente de automóvel quando ia para um concerto, mas mesmo assim ainda se mantém na memória dos portugueses. 

De todas as músicas as minhas preferidas são o Playback, Cinderela, Pó de arroz. Composta por ele, a minha preferida é Canção do Beijinho cantada por Herman José.






Até à próxima viagem!
Share:
Read More
, , , , , , ,

Cinema: Jacinta

Título original: Jacinta
De: Jorge Paixão da Costa
Com: Filipe Vargas, Dalila Carmo, António Pedro Cerdeira, Pedro Lamares
Género: Drama, Biografia

Sinopse: 
Ao mesmo tempo um filme e uma minissérie – passa nas salas de cinema antes de se estrear nos ecrãs da TVI –, "Jacinta" parte do livro homónimo de Manuel Arouca, lançado em 2016, que olha para o fenómeno das aparições de Fátima em 1917. A estreia coincide, portanto, com o centenário. Com guião do próprio autor e realização de Jorge Paixão da Costa, tenta mostrar o impacto das aparições sobre os três pastorinhos. O elenco inclui nomes como Dalila Carmo, Paula Lobo Antunes, Almeno Gonçalves, Rita Salema, João Didelet ou António Pedro Cerdeira. PÚBLICO





Trailer:


A minha Opinião:

Inicialmente era para ser uma série, sendo publicitado assim pelas revistas, que davam conta da produção da série sobre o Milagre da Nossa Senhora de Fátima. Contudo, acabou por se tornar num filme, sendo também transmitida pelo canal que a produziu, a TVI, como uma minissérie de 2 episódios. 
Eu vi a série, e se as expectativas estavam altas, não me desiludi de todo. 
Sou católica, e desde pequena que conheço a história dos pastorinhos, do Milagre, e frequento pelo menos uma vez por ano o Santuário da Nossa Senhora de Fátima, daí estar familiarizada com toda a história. Contudo, o enredo vai para além da história conhecida. 
A história é contada pelos olhos de Jacinta, a irmã mais nova de Francisco e prima de Lúcia, os outros dois pastorinhos. Desde já destaco a atriz que representou este papel, pois apesar da tenra idade conseguiu muito bem encarná-lo, e era bastante complicado devido a tudo o que tanto ela, como os outros passaram. 

No meu caso, que conhecia a história, não sabia tudo o que aconteceu a estas três crianças por terem visto a aparição da Nossa Senhora do Rosário, conhecia como a Nossa Senhora de Fátima, foram acusadas de estarem a mentir, e no caso da Lúcia, nem os pais acreditaram nela, esta que foi a primeira a ver algo, foram presos, ou seja, tudo lhes aconteceu.  
Talvez o que menos tenha gostado, seja o facto de a história ser contada através de memórias de Jacinta, misturando o presente com o passado, e se o espectador estivesse menos atento, perdia-se um pouco na história. Tirando isso, adorei assistir a esta série e recuperar parte história de portugal. 

A Minha Classificação:

Share:
Read More
, , , , , ,

Opinião Literária: Dorothy Koomson - Pedaços de Ternura

Pedaços de ternura

de Dorothy Koomson 
ISBN: 978-972-0-04159-3
Título Original: Marshmallows For Breakfast
Edição ou reimpressão: 09-2015
Editor: Porto Editora
Idioma: Português
Género: Romance
Páginas: 448
Compre na Wook:
Livro (aqui)
Ebook (aqui)
Goodreads: 3,81✯ (aqui)


Sinopse:

Poderá um estranho curar o seu coração?
Kendra Tamale regressa a Inglaterra, fugindo de velhas mágoas e em busca de um novo começo. Conhece Kyle, pai de duas crianças e separado, de quem se aproxima, contra todas as suas expectativas.
Então, um terrível encontro com o passado obriga-a a enfrentar os seus fantasmas. Não consegue dormir, é despedida e a sua relação com Kyle e as crianças fica debilitada. A única forma de remediar a situação é confessar o erro terrível que cometeu há muitos anos atrás - algo que prometeu nunca fazer...

A Minha Opinião:
Este foi mais um daqueles livros que fui completamente à aventura. Já conhecia a autora, e a sinopse da obra chamou-me à atenção. Poderá um estranho curar o nosso coração? Talvez sim, talvez não.
A obra conta a história de Kendra, uma rapariga que regressa à Inglaterra vinda da Austrália onde trabalhava, e que vai viver para um anexo da casa de Kyle. Ela quer distância de crianças, de confusão e quer apenas viver a sua vida, enquanto ele, acabado de sair do seu casamento, e não vê solução para a sua vida. O que os leva a "sair das suas vidas" são Summer e Jaxon, gémeos de seis anos, filhos de Kyle.
Neste livro a autora fala-nos da relações humanas. Do passado e como este influência o presente, de como fugir aos nossos problemas não solução para resolvê-los, e que quem não deve, não deve temer. Fala-nos também de situações reais, como a violação, o alcoolismo, o divórcio, e muitos outros problemas, que fazem parte da realidade da sociedade de hoje em dia. Sem dúvida que as personagens deste livro são realistas, é fácil identificarmos-nos com elas, porque ou conhecemos alguém que passou por uma situação parecida, ou simplesmente pela personalidade.
A emoção que na minha opinião a autora tentou passar ao leitor, funcionou na perfeição. Ela consegue puxar a nossa parte mais sensível, e levar-nos a entrar na realidade das personagens.
Sem querer dar spoiler, talvez o que não me tenha agradado tanto fora o final, não que seja mau, mas eu não espera e de certa forma queria mais, queria que a história não acabasse por ali, e que eu continuasse a acompanhar todas as personagens.
Com isto, aconselho a lerem. Para quem não conhece a Dorothy Koomson, acho que é uma excelente obra para dar a conhecer o seu trabalho.

A Minha Classificação



Share:
Read More
,

Músicas que fazem 10 anos em 2017


A Música é para mim muito importante, eu ouço música em todos os lugares e a qualquer altura. Então resolvi fazer uma pesquisa de 15 músicas que fazem este ano 10 anos, são todas conhecidas e que nos levam a uma viagem ao passado!
Comentem qual a vossa preferida!

1) Avril Lavigne – Girlfriend


2) Rihanna – Umbrella


3) Amy Winehouse - Rehab 

4) Alicia Keys - No One


5) Fergie - Big Girls Don't Cry


6) Mika - Grace Kelly


7) Britney Spears – Gimme More


8) Beyoncé – Irreplaceable

9) Justin Timberlake – What Goes Around…Comes Around


10) Gwen Stefani – The Sweet Escape ft. Akon


11) Akon – I Wanna Love You ft. Snoop Dogg


12) Foo Fighters - The Pretender

13) Ne-Yo - Because Of You

14) Sean Kingston - Beautiful Girls

15) Arctic Monkeys – Fluorescent Adolescent

Deixo uma playlist do spotify com mais músicas que também fazem este ano 10 anos. Espero que gostem!

Share:
Read More
, , , , ,

Série: Sim, Chef!


Nome: Sim, Chef!
Canal: RTP 1
Género: Comédia
Idioma: Português
Onde ver: RTP Play


Sinopse:


«Manel, um jovem rapaz da cidade de Braga, chega a Lisboa para seguir o seu sonho de infância – trabalhar como Chef de cozinha. Manel chega ao uber-chic restaurante “Divina Comédia” com grandes esperanças para o sucesso. Mas em vez de uma entrevista de emprego, enfrenta situações embaraçosas, uma após a outra: o proprietário do restaurante não se lembra de tê-lo convidado; os cozinheiros gozam com ele; o Chef fica furioso e persegue-o para fora do restaurante… O ambicioso e desenrascado Manel tenta várias estratégias para resolver a situação, mas esbarra em Kika, uma rapariga a quem deu com os pés na própria manhã, após uma única noite de paixão. A desrespeitada Kika é, afinal, a gerente do restaurante! Parece não haver esperança para Manel, mas o seu destino muda quando o Chef o contrata – apenas e só – para irritar Kika.


Manel chegou ao seu destino. Mas, para se transformar num verdadeiro cozinheiro, tem que conquistar o Chef do “Divina Comédia”. Vítor Guerreiro é um virtuoso da cozinha, um gestor autoritário e um excêntrico. Este caprichoso e, à primeira vista, génio desequilibrado, divorciou-se três vezes e vê toda a humanidade com uma indiferença desdenhosa. Só a sua filha Alice e o seu peixinho Faneca são capazes de lhe inspirar qualquer emoção parecida com ternura. Os hábitos de consumo de álcool e do jogo de Vítor destruíram não só o seu saldo bancário, mas também a sua reputação. A sua equipa é composta pelo devoto e subserviente sub-chef Leonel, os brincalhões inseparáveis Fernando e Samuel, o pasteleiro francês Louis – e todos temem a ira do seu líder volátil. A única exceção é a angolana Zazá, a copeira, cujas palavras e opiniões infalíveis, Vítor respeita. Ainda assim, no fundo do seu coração, ele adora a sua equipa dedicada de “inúteis” – e o sentimento é mútuo.


Apenas o proprietário do restaurante, o ex-futebolista Bruno Falcão, pode influenciar o comportamento deste tirano da culinária. Mas Falcão está mais preocupado em atrair clientes novos e ricos para o restaurante do que nas opiniões e interações dos seus empregados. Todas as operações internas são delegadas a Vítor e a Kika, que muitas vezes têm de unir forças para resolver os seus problemas – apesar do seu conflito pessoal e luta interminável pela autoridade. O maior problema que enfrentam é a abertura de um novo restaurante ao lado, liderado pela responsável e talentosa chef Helena Paixão. Com a concorrência a morder- lhes os calcanhares, Kika redobra os seus esforços organizacionais e Vítor entra em conflito com Helena à menor provocação, enquanto o proprietário Falcão começa a pensar seriamente em vender o negócio.


Manel tem um longo caminho pela frente antes que se possa tornar membro, de pleno direito, da equipa e conquistar um lugar na cozinha do “Divina Comédia”. Ele tem de ganhar a confiança e o respeito de Vítor, completando as suas difíceis (e por vezes absurdas) tarefas e aprendendo os segredos das artes culinárias a partir dos outros chefes. No processo, tem algumas lições de vida! Entretanto, encontra um amigo confiável no barman Carlos, que lhe encontra um lugar para viver em Lisboa; em troca, Manel ajuda Carlos a conquistar Tânia, a bonita empregada de mesa. E o Manel também tem de trabalhar o seu relacionamento complicado com Kika.



Há uma linha ténue entre o amor e o ódio: uma vez atravessada, poderemos voltar atrás?» 
De;http://media.rtp.pt/simchef/artigos/sinopse/;

Trailer:

A Minha Opinião:

Mal soube da notícia de uma nova série de comédia que fiquei bastante contente, na televisão portuguesa o que não faltam são dramas então uma série para rir é sempre bem vinda!
Passado num ambiente de um restaurante, vive-se a confusão de uma cozinha e também dos serventes de mesa.
Duas personagens estrelam a série, Vítor e Manel. Um é chef de cozinha, outro espera ser um dia. 
Comecemos por Manuel, tem uma atracção a problemas e confusões, apesar de desenrascado, acaba sempre metido em enrascadas! É bastante divertido mas também consegue ser infantil, como muito o acusam de ser, mas é das mais divertidas personagens, pois a história é narrada por ele.
Temos também Vítor, um chefe de cozinha mal humorado, que trata os empregados mal, mas sempre com um humor negro especial. É daquelas personagens que por mais que tentemos odiar, conseguimos sempre rir com a forma como ele diz as coisas. 
No geral foi uma série que gostei bastante, que me divertia constantemente e que me fazia rir com as parvoíces que diziam! 
Agora em Julho irá começar uma nova temporada com novas personagens que estou desejosa de ver!
Aconselho todos a ver, já não se encontra na grelha da estação, mas podem ver no link que disponibilizo em cima que é do site da estação que é totalmente gratuito. 

Vai estrear no próximo dia 5 de julho uma nova temporada com novas personagens!

A Minha Classificação:

Share:
Read More