, , , , , ,

Opinião Literária: Nicholas Sparks - A Alquimia do Amor

A Alquimia do Amor
(The Notebook #2)
de Nicholas Sparks 

Título Original: The Wedding
ISBN: 9789892331720
Edição ou reimpressão: 07-2015
Editor: Edições Asa
Páginas: 272
Classificação: Romance
Compre na 
Wook
Livro (aqui) Ebook (aqui)
Bertrand
Livro (aqui) Ebook (aqui)
Goodreads: 3,98✯ (aqui)


Sinopse:
Ao fim de trinta anos de casamento, Wilson Lewis vê-se obrigado a admitir que a mulher, Jane, já não o ama há muito. Após uma longa e brilhante carreira como advogado, ele apercebe-se finalmente de que as suas prioridades estiveram erradas desde o início. Embora nunca tenha faltado nada à família em termos financeiros, o mesmo não poderá dizer- se em termos emocionais. Agora que se avizinha o casamento da filha, Wilson sabe que chegou o momento de agir. É a sua derradeira hipótese de redenção. Mas será ainda possível reacender uma paixão adormecida há tanto tempo? Para Wilson, o desafio é ainda maior, pois nunca foi pessoa de exprimir as suas emoções. Felizmente, tem como inspiração a inesquecível história de amor dos sogros, Allie e Noah Calhoun, bem como a sua inabalável determinação em conquistar o coração daquela que sempre amou… pela segunda vez.
Uma história épica sobre arrependimento, amor e novos começos…
A Minha Opinião:
A primeira vez que li este livro foi para uma apresentação na escola, mas gostei tanto que resolvi ler novamente!
O livro trata a história de Wilson e Jane, esta filha de Allie e Noah do Diário de uma Paixão, um casal que como qualquer outro passa por uma crise conjugal. Tudo começa quando Will se esquece do aniversário de casamento. As coisas nunca voltaram ao normal, mas Will quer tentar mudar isso.
Sem querer dar spoilers, eu gostei bastante do livro, trata algo diferente, não a busca do amor, mas sim a reconquista de um amor de muitos anos. Mostra que a vida depois de casado não é um conto de fadas que nos fazem parecer, que tem bons e maus momentos e que não se pode desistir na primeira adversidade.
Depois a inclusão da história que rendeu os fãs do Nicholas, o diário de uma paixão, recordando-nos um amor que ultrapassou tantas barreiras, e esse é também um exemplo para Will, o amor dos seus sogros que resistiu a tanta coisa.
É sem dúvida um livro que nos prende até à última página! Aconselho a lerem!
Classificação



Share:
Read More
, , ,

Ler de Graça


Ler hoje em dia é cada vez mais caro, os livros atingem valores muito altos, e muitas pessoas não os conseguem comprar, ou pelo menos não tantos quanto gostariam. Uma opção é frequentar bibliotecas, onde lemos de graça, ou pagamos uma anualidade normalmente baixa. Contudo com o avanço da tecnologia é possível ler online, de forma gratuita e legal, só que não se tratam de livros que podemos encontrar nas livrarias, mas sim de novos autores.
Existem várias plataformas, mas as mais conhecidas são o Wattpad, Nyah! e Widbook, sendo o primeiro o mais reconhecido.

O Wattpad é uma excelente forma de ler e de divulgar os seus trabalhos para quem escreve, pode-se encontrar histórias de todos os géneros e em todas as línguas, e é totalmente gratuito tanto para quem lê como para quem escreve, tendo apps para iphones e smartphones, podendo ser utilizado também no computador. Apenas é necessário criar uma conta no site e mergulhar nas imensas aventuras literárias que vai encontrar.
De todas é a minha preferida e na qual estou ativamente, tanto leio como escrevo as minhas próprias histórias. Poderão seguir-me carregando no botão que está do lado direito!

O Nyah! é um site onde também se pode ler e escrever, mas apenas em português, e não alberga o género "Ficção de Fãs", mais conhecido por Fanfic. Para ler não é necessário criar conta, mas para escrever sim, mas dá muito jeito criar conta por dá para comentar, recomendar e marcar em que capitulo é que vamos para não nos perdermos. 
Tenho um carinho muito especial por esta plataforma porque foi onde comecei a ler à muitos anos, e onde encontrei as melhores histórias que li até agora neste meio.

Por fim o Widbook, é o que eu conheço menos.  A maioria das histórias é em inglês, mas é possível encontrar em português. É possível marcar o capítulo em que ficámos, doar dinheiro ao escritor, comentar, partilhar a história.

O Spirit é talvez a mais antiga de todas, mas que na minha opinião com o tempo tem perdido popularidade, principalmente com a adesão ao Wattpad, que ganhou a batalha das plataformas online de leitura e escrita. 
Como em todos é completamente gratuito, e pode-se escrever qualquer género tanto fanfics como originais. 

Na realidade são três excelentes formas de ler sem gastar dinheiro e também de ajudar a que novos escritores cresçam, e cada vez irão aparecer mais, pois a leitura online é cada vez mais frequente entre as camadas mais jovens. São também plataformas de lançamento de novos autores, pois cada vez mais as editoras procuram promessas da literatura futura nestas plataformas. 
Share:
Read More
, ,

Viagem ao Passado: Cyndi Lauper


Viajaremos até ao inicio dos anos 80, onde Cynthia Ann Stephanie Lauper-Thornton, ou melhor Cyndi Lauper atingiu o sucesso com o lançamento de "She's So Unusual", que ganhou 6 discos de platina nos Estados Unidos pelas vendas de seis milhões de cópias no país. O álbum também entrou para a lista dos "500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos" da revista Rolling Stone e está em exposição no Rock And Roll Hall of Fame, fazendo dela a primeira mulher a ter quatro singles do mesmo album no Top 10 da Billboard.
Mudou diversas vezes de género musical passando pelo blues, dance-pop, etc, e também de visual com cabelos coloridos.
Em 2009, a cantora recebeu o prêmio BMI Millionaire Award por "Time After Time", sua primeira canção a conquistar o 1º lugar na Billboard Hot 100.
Em 2016, lança Detour, um album Country que alcançou a posição 29ª no Billboard 200 e estreou em 4ª na Billboard Top Country Albums.



Em 2012 ela escreveu as músicas e letras do musical da Broadway, Kinky Boots, que venceu o Tony Award de Melhor Musical e Melhor Música, fazendo Lauper a única mulher a vencer sozinha nessas categorias.

As músicas mais conhecidas dela são "Girls Just Want to Have Fun", "Time After Time", "True Colors", "I Drove All Night", "The Goonies 'R' Good Enough".



Até à próxima Viagem!
Share:
Read More
, , ,

Harry Styles by Harry Styles

Harry Styles by Harry Styles

Lançamento: 12/05/2017
Gravadora: Columbia



Este álbum do Harry Styles foi sem dúvida muito aguardado por todos os fãs da banda One Direction, que após a pausa da mesma esperavam pelos trabalhos a solo dos seus integrantes. Depois de ter participado no filme Dunkirk que estreará em Julho nos Estados Unidos da América, pudemos ouvir a sua magnifica voz neste novo Cd.
O álbum já pode ser comprado nas lojas digitais, e também ouvido gratuitamente no Spotify, deixo a playlist do álbum abaixo.



Faixas:

1. Meet Me in the Hallway
2. Sign of the Times
3. Carolina
4. Two Ghosts
5. Sweet Creature
6. Only Angel
7. Kiwi
8. Ever Since New York
9. Woman
10. From Dinner Table

A Minha Opinião: 

Eu sou fã dos One Direction e fã do Harry Styles. De todos os integrantes Harry era o mais favorito a uma carreira a solo de sucesso, e foi o primeiro a lançar um álbum.
Pessoalmente este álbum leva-me ao passado, a um estilo de música mais retro, que foge ao que se ouve frequentemente nas rádios, ou seja, foge ao comercial, e como já ouvi muitos dizerem tem instrumentos reais. Foge também um pouco ao estilo dos One Direction, que é um pop comercial, apesar de o último álbum ter também, na minha opinião alterado o registo habitual.
As críticas dos intendidos no assunto não foram tão boas como se esperava, contudo isso não impediu que o álbum não atingisse o top em diversos países
De todas as músicas a minha preferida é logo a primeira, Meet Me in the Hallway, e também Two Ghosts.
Aconselho todos a ouvirem!

Share:
Read More
, , , , , ,

Opinião Literária: Jamie Mcguire - Um Desastre Maravilhoso

Um Desastre Maravilhoso
(Beautiful #1)
de Jamie Mcguire
Título Orginal: Beautiful Disaster
ISBN: 9789896573751
Edição ou reimpressão: 05-2013
Editor: Editorial Planeta
Idioma: Português
Género: Romance
Páginas: 344
Compre na 
Wook
Livro (aqui)
Bertrand
Livro (aqui)
Goodreads: 4,12✮ (aqui)



Sinopse:
BOA RAPARIGA
Abby Abernathy não bebe, não pragueja e trabalha muito. Abby acredita que está enterrada no nefasto passado, mas, quando entra no colégio, os seus sonhos de ter um novo começo sofrem um desafio numa noite.
MAU RAPAZ
Travis Maddox, sensual, bem-constituído e coberto de tatuagens é exactamente o que Abby precisa - e quer - evitar. Ele passa as noites a ganhar dinheiro num clube de combate e os dias no conhecido colégio Lothario.
DESASTRE IMINENTE?
Intrigado pela resistência de Abby ao seu charme, Travis entra na sua vida por uma aposta. Se perder, deverá viver em celibato durante um mês. Se Abby perder, terá de viver no apartamento de Travis por um período semelhante.
OU O PRINCÍPIO DE ALGO MARAVILHOSO?
De qualquer maneira Travis não faz a mínima ideia de que encontrou uma parceira de jogo à altura. Ou será o princípio de uma relação obsessiva e intensa que irá conduzi-los a um território inimaginável…

A Minha Opinião:
Conheci este livro através de diversos passatempos divulgados na altura da estreia, e a sinopse cativou-me logo. É um pouco cliché admito, a história da menina boazinha e do menino mauzão, mas é um estilo que eu aprecio bastante, claro se bem escrito.
O estilo New Adult popularizou-se à relativamente pouco tempo e já adquiriu bastantes fãs. Este é um livro que entra nesta categoria, e que foi um dos que o popularizou .
As suas personagens principais são dois estudantes universitários, a Abby e o Travis, e não podiam ser mais diferentes, mas que ao mesmo tempo se complementam, afinal "os opostos atraem-se". Travis reage a quente, enquanto Abby é mais ponderada, sendo isso que os faz um excelente casal. Contudo nem tudo começou de forma perfeita, Travis é aquele famoso badboy que anda com todas, mas que não quer relações sérias com ninguém, pelo menos até chegar a Abby. Clássico não é? Só que ela apesar de boazinha como diz na sinopse, não é daqueles pãozinhos sem sal, e tem personalidade que vai chocar com Travis.
O que eu mais gostei no livro é que no momento adorei o Travis noutro odiei-o, questionei as ações da Abby e concordei com ela, ou seja, nos sentimos os acontecimentos tal como as personagens, e isso é das coisas que mais aprecio nas obras, é o facto de eu poder viver todo o trama com as personagens.
Depois temos tudo o que a história nos transmite, a loucura da universidade, o amor, as confusões entre o casal, porque infelizmente está longe da perfeição, que perdemos o controle, que ficamos seu rumo, basicamente retrata a vida de um jovem adulto com todas as suas virtudes e defeitos.
Era suposto o livro virar filme, até foi adquirido os seus direitos pela Warner (se não estou em dúvida), mas nada se chegou a realizar, apesar de os fãs ainda terem esperança.
Convido todos a embarcarem nesta história! Sem dúvida um dos meus preferidos!

Classificação

Share:
Read More
, , , ,

Cinema: Boss Baby

Título original: The Boss Baby
De: Tom McGrath
Com: Miles Christopher Bakshi (Voz), Alec Baldwin (Voz), Eric Bell Jr. (Voz), Steve Buscemi (Voz), Tobey Maguire (Voz)
Género: Animação, Comédia
Outros dados: EUA, 2017, Cores, 97 min.

Sinopse: 
Um bebé de fato e gravata – que é na realidade um espião – tenta, com a ajuda do seu irmão de sete anos – que por sua vez não vê com bons olhos a chegada do germano –, lutar contra cachorros, em particular o presidente de uma grande e malévola empresa. É essa a premissa deste filme de animação 3D da DreamWorks, baseado no livro homónimo de 2010 assinado por Marla Frazee. Tom McGrath, que dirigiu os três filmes da saga "Madagáscar", é o responsável pela realização.in PÚBLICO


Trailer:

A Minha Opinião:
As minhas expectativas estavam muito altas para este filme, os trailers tinham-me apaixonado e fazer rir como à muito tempo um filme não fazia. Sou muito fã de animação, é sem dúvida o meu género preferido apesar de muitos dizerem que é para crianças.
Boss Baby é um filme para toda a família, para juntar as famílias no cinema e mais tarde em casa junto à televisão, e são destes filmes que são precisos numa época em que cada vez mais cada um está metido no seu ecrã.
Mas falando do filme, sem querer dar spoilers, é hilariante, o Boss é sem dúvida fantástico, um bebé com voz de homem feito, com uma personalidade forte, que vem para terminar a sua missão, voltar a levar todo o amor dos adultos para as crianças, que estava ameaçado pelos cãezinhos. Ao seu lado estará o seu esquadrão 5 bebés. Staci, os Trigêmeos e Jimbo, e mais tarde Tim, o seu irmão, que acaba por se aliar a ele. 
Aconselho todos a irem ver, sem dúvida que se vão divertir e entrar no mundo das crianças!

A Minha Avaliação:

Share:
Read More